Internacionalização

Café com vista para o lago Genebra

Na Swiss Hotel Management School, o café Delta foi escolhido através de uma prova cega com diversos concorrentes.

O madrileno Café de Oriente

A meio caminho entre a Catedral da Almudena e a Calle Mayor, bebe-se Delta, num café histórico.

No belga La Marée, bebe-se Delta

O Národní Kavárna tem mais de 100 anos de história e chegou a pertencer à União de Escritores Checoslovacos.

São sacas, são postais

De um país para outro, mudam as cores, formas e letras que ornamentam as sacas de café.

O rosto da internacionalização

Rui Miguel Nabeiro está na Delta Cafés há 20 anos – e desde então a internacionalização é prioridade do grupo.

Delta no mundo

De Campo Maior para mais de 40 países. A família Nabeiro construiu um império que vai até à China.

O madeirense Golden Gate Grand Café

Assistiu à passagem dos séculos XIX e XX, da esplanada que embeleza a que já foi chamada “A Esquina do Mundo”.

Um café em Praga

O Národní Kavárna tem mais de 100 anos de história e chegou a pertencer à União de Escritores Checoslovacos.

Paris-Porto num segundo

Foi depois de trabalhar como comercial da Delta em Paris que Kelly Neves decidiu abrir um café português na cidade.

Gostinho “portuga”

Uma padaria e pastelaria que mistura sabores portugueses e brasileiros, multiplicada por 40.

Bekarei serve Delta em Berlim

Pastel de nata, guardanapo, broa de milho ou bola de Berlim – todos acompanhados de bom café português.

Joey Bats Café em Manhattan

“O que posso oferecer a Nova Iorque que ela não tenha já?” Um bom café à portuguesa, pois claro.